Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro 10, 2010

"Dear John"

""Você não tem ideia o quanto os últimos dias significaram pra mim", comecei. "Conhecer você foi a melhor coisa que já aconteceu comigo." Hesitei, sabendo que, se parasse agora, nunca seria capaz de dizer a ninguém. "Eu amo você", sussurei.
Sempre imaginei que seria dificil dizer essas palavras, mas não foi. Nunca tive tanta certeza em toda a minha vida. E, embora esperasse ouvir as mesmas palavras de Savannah, o que mais importava era saber que o amor era meu para dar, sem condições ou expectativas.
Lá fora, o ar esgriava, e as poças d'água brilhavam à luz do luar. As nuvens começaram a se dissipar e uma estrela ocasional brilhou entre elas, como para me lembrar do que acabara de admitir.
"Você já tinha imaginado algo assim?", ela perguntou em voz alta. "Você e eu, quero dizer?"
"Não", disse.
"Isso me assusta um pouco."
Meu estomago virou, e, de repente, tive certeza de que ela não sentia o mesmo que eu.
"Vo…

e dai...

e esse meu humor que não sabe oq quer... :(estou bem e no mesmo instante estou mal... sei lá oq fazer comigo..
hj estou assim.. triste, cançada, preocupada, de saco cheio e carente... argh!!... rs
mas tdo bem

não posso negar q apesar d tdo tenho momentos.... (:
tipo eu caindo - ou melhor, quase - no bus, eu e a Gih rindo d tds e pra tds...
eu chegar na facul e a Re reparar na minha roupa, o Alan 'mechendo' cmg, o Otavio qndo fala q to gatinha... shaus
sei q eh coisa de amigo e tal's e q nao da pra levar mto a serio
mas eh tao bom... da pokinho up jah...
sei lah...
as vzs a gnt se sente qrida por nda neh... e eu sou assim quase smp


Somente Amigos
"Quando ele falou que não conseguiria trair a namorada, nem sabia direito o que estava dizendo. Achava que perderia a amizade com aquela mulher linda e simpática, com quem tinha se identificado desde o primeiro contato. Eles conversavam diariamente, sentiam um desejo muito grande de se conhecer, sentiu muito tesão em algumas das conversa…