Pular para o conteúdo principal

vida e seus dilemas

As vezes nessa vida nós precisamos de um tempo, seja pra isso, ou pr'aquilo
As vezes precisamos de um tempo
Um tempo de pessoas, um tempo nos estudos, um tempo nas opiniões alheias - algumas foram solicitadas, mas geralmente não - um tempo dos sorrisos, um tempo das tristezas, um tempo de quem amamos... precisamos nos achar e de um tempo para isso
Acontece que a vida em sua leveza total, é pesada demais
Talvez ninguém se de conta que você está dando esse tempo, pode ir e corpo presente, mas acho esse tempo bem importante, é um ar, pra tomar um fôlego *inspira, expira*

Eu explico, acho q aqui já temos intimidade o suficiente. 
Eu amo a vida, mas ela está tumultuando. geralmente é comigo - eu comigo mesma - na dessa vez é externo... uns probleminhas que eu não posso resolver
A gota d'água foi a Gui (vamos chama-la de leão)
A Leão estão chateada com o universo porquê a Primaescorpião saiu para viver um sonho e a Leão não entende como ela mesma não está vivendo seu sonho, como o universo foi cruel assim se ela seguiu as regras.. a Leão não entende que é tudo um emaranhado de regras - social, moral, intelectual - e ninguém consegue seguir todas as regras. 
Na verdade sequer conhecemos todas as regras...
Mas não é só isso, a Leão está preocupada, há muito trabalho, deixa eu contar sou irmã e chefa da Leão (vamos me chamar de Áries - sucesso!!), a Leão anda com medo de não dar conta eu acho, é poucas vezes na vida ela teve esse medo... deve estar sendo difícil pra ela 
Eu já fiz o que podia por ela, agora ela precisa arribar e enfrentar, talvez ela não veja - é difícil ver quando estamos mal - mas todos estão torcendo por ela #vaidarcerto

Mas como eu falei, a Leão foi a gota d'água... tem mais coisa, sempre tem
Temos a Escorpiã (eu chamo ela de mãe, vcs podem chamar de Escorpiã mesmo). Ela perdeu o pai recentemente, o pai que teve seus MUITOS defeitos mas que ela amava - ama ainda - demais. Eu particularmente achei que o luto seria mais fácil, teve aceitação da velhice, da doença e da morte, só que o luto está difícil. Ela não gosta mais de circo! talvez isso não diga nada para vocês, mas diz muito para mim.
Ela parece que está há muito tempo a procura e paz, acredito que eu tenha minha parcela de culpa, todos se preocupam em cuidar de mim o tempo todo - não tenho nenhuma deficiência, acho q adotei erroneamente a posição de coitada - e ela acha que tem responsabilidades comigo e o Peixinho, não tem!
A Escorpiã tem isso de querer cuidar e proteger todos o tempo todo, ela vai assumindo essas responsabilidades, ela é tão ótima, tão inteligente, mas não entende algumas coisas...

E tem mais uma ponta - fora os probleminhas - o Libra, meu homem lindo que (veja só) eu amo tanto que está desempregado e empurrado

Ah, a vida...

Rsrs, essa sim é uma caixinha de surpresas

09/06 no ônibus

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

aquele sentimento bom que pode ter uma saudade

Hoje eu sonhei com meu vô, foi a primeira vez, talvez a primeira vez na vida que eu tenha sonhado com ele... ele apareceu só um pouquinho e foi ótimo acordei com saudade e o olho com lagrima, mas feliz, muito feliz estava tudo bem, sempre esteve tudo bem
no sonho eu estava na mãe indo pra casa dele e tinha muito barro, começou a chover, muita gente... caos familiar (quem nunca), estávamos de moto, depois de bicicleta e no final a pé, mas quando chegamos tinha que tirar umas coisas do porta malas (pois é, como moto e bicicleta teria porta malas?) quando chegamos eu entrei toda atrapalhada e lá estava ele na área, olhando com aquela cara de desdem? sem vergonha?... uma cara que só ele sabia fazer de "olha só como a Letícia é atrapalhada, boazinha, mas atrapalhada" e ele foi ajudar com as coisas que tinha que tirar do porta malas, sorrindo, botões da camisa um pouco abertos  e brigando, brigando é modo de dizer porque não me lembro de alguma vez que ele brigou comigo, ele não …

ele é

ontem de noite eu fui visitar meu avô no hospital, no Mario Covas em Hortolândia...
meu avô, pai da minha mãe...
fomos eu e a Gui, ficamos das 20h as 20h30, horário de visita porque ele esta em coma induzido

é...
a vida de adulta não fica mais fácil

bom, eu fui visitar meu avô e eu segurei a mão dele por 20 minutos, em vida eu não sei de um dia que segurei a mão dele por tanto tempo, tinha quando eu era pequena que ele deixava eu subir a rua com ele para ir no mercado que brincávamos de "teje preso e teje solto" (as vezes em casa também) e com isso ele me segurava pelo braço e eu tentava fazer e errava sempre, mas era o contato físico que nós tínhamos, nunca fui de pedir bença e ele nunca foi de beijos e abraços
acabou que depois de maior eu não tinha nenhum contato físico com ele e ontem eu fiquei 20 minutos segurando a mão dele, 20 minutos que minha mãe falou que demorariam a passar mas voaram, acho que eu poderia passar um período ali, mas não seria saudável porque meus o…